Blog da Regina Guerreiro

29/11/2010

TOM FORD: NADA É MAIS EXCITANTE DO QUE UM BOM MISTÉRIO...

 
 

TOM FORD: NADA É MAIS EXCITANTE DO QUE UM BOM MISTÉRIO...

 

 

 


 


Marqueteiro de primeira (além de carismático etcetc...), Tom Ford proibiu a publicação de fotos de sua moda verão 2011 (o desfile aconteceu em 14 de setembro 2010 para apenas 30 convidados) antes que ela estivesse - de verdade- nas vitrines da Madison Avenue. Certo está ele. Além do fator enigma "eriçar" umas e outras, provocando desejos de modelitos que ainda nem existem,  cópias grotescas, inevitavelmente, acontecem. Só agora, quase 3 meses depois, modelitos & modelões de Tom Ford começam a aparecer num editorial da  Vogue América de dezembro. Vai daí que - se não dá para comprar "nenhunzinho" - a gente pode pelo menos comprar a revista...




                        Não é a apoteose do luxo?? Eu adorei! 

 

 

                Todas as fotos - espetaculares! - são de Steven Meisel.

 

PS: Viu só? Tom Ford, além de estilista, diretor de cinema, etcetc... (chiquérrimo e magérrimo) dá uma de fashion-model

 

 

Por Regina Guerreiro às 12h42

26/11/2010

RESPIRA FUNDO E... ENTRA COMIGO. O PARAISO É AQUI!!!

 
 

RESPIRA FUNDO E... ENTRA COMIGO. O PARAISO É AQUI!!!

 

 

 


Um novo endereço para a Hermès-Paris,  bem no meu bairro preferido que é (e sempre será) Saint Germain de Prés. Rive Gauche,  queridinha, quartier boêmio, onde viveram Marguerite Duras, Serge Gainsbourg, Malcom Mclaren, etcetc... Onde? Onde?? O endereço é 17, Rue des Sévres, exatamente sobre a antiga piscina do Hotel Lutétia. Ah..., os balcões de ferro forjado,  os mosaicos Art-Deco ("pâte de verre" ) , vão certamente "acordar" a memória dos parisienses que vinham nadar "nessas águas". Florence, jornalista de moda, lembra direitinho que ..."perdi meu anel turquesa no fundo da piscina". Jacqueline Jacobson (famosérrima nos anos 70, com a sua inesquecível Boutique Dorothée Bis) diz "eu me lembro, da luz entrando pelo teto de vidro uma visão  azul. Era um azul entre a cor do céu e o das piscinas de David Hockney".


 



O espaço é absolutamente impressionante. Caixas de "fitas de madeira" (cedro) trançadas/vazadas, (ou seriam esqueletos de baleias?)  flutuando dentro da mega-caixa que envelopa o "tudo" perturbador. Um navio dentro de uma garrafa?  É. Parece isso. Nas abóbodas, ondas projetadas, livres, como um corpo boiando na água. Uma escada-cascata une o nível-piscina (1935) ao andar superior, serpenteando/estonteando. Bom, não consigo mesmo descrever tudo que estou sentindo, tudo que estou lembrando, tudo que estou vendo. Acho que a imagem global é tão fantástica, que...nossa! fiquei sem texto??

 

 




 

Enfim, entro e ...socorro, Nossa Senhora dos fashionistas "me segure",  porque as tentações no paraíso são perigosíssimas. E eu - tadinha! - gulosíssima sempre - quero tudo ou quase tudo. Fica fria Regina, que tal tomar um chá? Vou experimentar um Hojicha Bancha  (chá japones que acabo de descobrir agora, no bar "Plongeur" da New Hermès). Nãonão. Acho que  prefiro mergulhar numa taça de vinho. Estou meio deprê. Malditos sejam os euros que não tenho. Mas...fazer o quê? Jogar na Mega-Sena ou... me atirar no Rio Sena???

 

 

Por Regina Guerreiro às 18h15

CUTUCADA: NOSSOS LOJÕES BRASILEIROS BEM PODIAM...

 
 

CUTUCADA: NOSSOS LOJÕES BRASILEIROS BEM PODIAM...

 

 

 

 

As famosérrimas Galeries Lafayette (entre outros departments-stores),  criaram desde 2001 um espaço especial para exposições de arte. Acho um luxo! Já vi - nas minhas andanças por lá - fotos-pinturas do David La Chapelle, instalações do Bob Wilson, desenhos de David Lynch, fotos do Jean-Paul Goude, sem falar numa série de Barbies incríveis, vestidas por Gaultier, Lacroix, Karl Lagerfeld, etcetc...

 

 

 

 

Aviso aos navegantes (Riachuelo, Renner, C&A...) : cerca de 500 pessoas visitam o tal espaço por dia, sendo que aos sábados, mais de 1.000!! As exposições acontecem 6 vezes por ano. Objetivo?? Demonstrar a transversalidade que existe entre moda, artes plásticas e design. E de quebra, é óbvio, quem resiste passar batido, sem fazer nem uma comprinha??

 

 

 

 

Por Regina Guerreiro às 10h38

22/11/2010

BANGBANGBANG! QUEM AINDA LEMBRA DE JOHNNY GUITAR??

 
 

BANGBANGBANG! QUEM AINDA LEMBRA DE JOHNNY GUITAR??

 

 

 

 

No meio do velho Oeste, uma história linda que virou filme cult (1954), com direito a Oscar e tudo. Ela, a maravilhosa Joan Crawford, dona de um saloon frequentado pelos rancheiros do pedaço, dando uma de cow-girl forte-frágil, pontaria firme, coração-furacão, perdida de paixão por Sterring Hayden, seu Jonhnny Guitar.

 

 


 


Ralph Lauren é a própria história da América, contada nas passarelas. Bandidos & mocinhas, galopam garbosos, exibindo seus jeans dilacerados, sacudindo suas franjas de couro, abalando com seus coletes bordados. De uma forma ou de outra, eles estão onipresentes na moda de Ralph que tem, de verdade, DNA americano.


 

Foto Márcio Madeira

 


Agora,  verão 2011, chegou a vez das ladies do Bangbang aparecerem - lindas! - entre rendas inocentes e panos quase brutos, tipo linho, rami, algodão cru, etc, etc... Acho que é o jeito mais moderno de explorar "rendices sem babaquices, nem cafonices"... Romantismo urbano, em vez de estradas poeirentas, Fifty Avenue, Avenida Atlântica,  Pauslista, etcetc...

 

 

Foto Márcio Madeira

                     Rendas & Cia: coletinho étnico, ou jaqueta franjada. 


 

Foto Márcio Madeira

         A delicadeza da renda X o couro bruto, fivelas pesadas. 


 

Foto Márcio Madeira

          Blusas, cheias dos entremeios de renda X Calças de lona branca,

                                            ou de camurça amaciada. 



 

 

Por Regina Guerreiro às 11h47

04/11/2010

BONEQUICES INESQUECÍVEIS...

 
 

BONEQUICES INESQUECÍVEIS...

 

 





Victor & Rolf - duo holandês famosérrimo - adoram brincar de boneca. Eu também. Tanto que adoraria ter uma dessas que, diga-se de passagem, já foram expostas como mini-obras de arte, tanto no Barbican (London), como na Galerie de artistas de Anvers, Studio Job (Antuérpia). Cada boneca representa, uma a uma, as coleções concebidas por eles até agora. Adoro! Vou falar com a Celita Procópio da Faap. Não seria maravilhoso se ela trouxesse essas bonequices irresistíveis para cá??



 

 




 

 


 


MEMÓRIA

 


Viktor & Rolf sempre misturaram moda, ironia fria e beleza surrealista. Abalaram mesmo, assim que apareceram (1992). Suas criações (Haute Couture) foram consideradas obras de arte e eram compradas - no ato - pelos museus do mundo. 


 

 

Por Regina Guerreiro às 16h21

03/11/2010

EU NÃO QUERO DIAMANTES. QUERO...

 
 

EU NÃO QUERO DIAMANTES. QUERO...

Por Regina Guerreiro às 16h47

02/11/2010

QUE TAL UM JARDIM VERTICAL??

 

 

Adoro esse verdão, clorofilado, pintando/ajardinando as fachadas (quase sempre cinzentas... ) dos buildings do mundo.  Paris, Milão,  Frankfurt, Bancoc, entre muitas outras cidades do planeta, pouco a pouco, estão ficando verdes. Nossa! é mesmo uma revolução em termos de paisagismo:  just beautiful. Não é um trabalho novo não, mas "euzinha" só descobri essa arte agora. E fiquei de boca aberta...




 


Patrick Blanc, especialista em botânica,  sacou que a terra funciona como uma base para as plantas, mas o que elas necessitam - de verdade - é água, luz e nutrientes. Então, experimentou! Cobriu a ponte de sua cidade, Aix de Provence, com um feltro especial e começou a fixar plantas e mais plantas. Deu certo! E como as cidades estão cada vez mais verticais, pode existir algo mais inteligente do que plantar um jardim antigravitacional?? 

 


 UM JARDIM, "PAS COMME LES AUTRES"...

 

 

 


Hoje, algumas cidades, acabam inventando sua própria linguagem paisagística. Singapura, por exemplo, tem uma Marilyn Monroe "plantada" num paredão, tableau que mataria de inveja até Andy Warhol, se ele ainda estivesse "enlouquecendo" na sua decantada Factory. UIUIUI!


Por Regina Guerreiro às 16h50

27/10/2010

AS MALAS MAIS COBIÇADAS DO MUNDO...

 
 

AS MALAS MAIS COBIÇADAS DO MUNDO...

 

 

 

O LIVRO EXIBE - UMA POR UMA - MARAVILHAS DE LOUIS VUITTON, DESDE 1857 ATÉ AGORA 2010. VOCÊ PODE VER AGORA E... ATÉ FOLHEAR -  PÁGINA POR PÁGINA -  NESSE VIDEO INCRÍVEL QUE SEPAREI PARA VOCÊ.


 

 

PS: o livro está sendo lançado agora em Paris. 

 

Por Regina Guerreiro às 19h42

26/10/2010

ENTRE COMIGO NESSE PALÁCIO...

 
 

ENTRE COMIGO NESSE PALÁCIO...

 

 

 


Onde? Onde? Estamos no Royal Monceau, queridinhos, o hotel (ou o paraíso??) que acaba de reabrir suas portas para nós. O preço é "super-acessível" (brincadeirinha...), no mínimo 780 euros por noite. Quem pode, pode, quem não pode fica no Guarujá mesmo, fazer o que?? O Royal Monceau sempre foi um luxo, desde 1928. Mas o tempo passa e as "poltronas - inevitávelmente - envelhecem"...Vai dai que em julho de 2008 foi decretada uma destruição total. Nossa ! foram os dois anos mais loucos da história: quebra-quebra, quebra-quebra, sem falar do leilão dos móveis, que abalaram Paris...Até  que,  agora, o palácio ficou pronto! Apoteótico! De tirar o fôlego! 

 

 

 


VERY, VERY PARTICULAR


•  O projeto é do designer Philippe Starck e combina - como é do seu estilo- provocação - elementos clássicos e contemporâneos ao mesmo tempo. As suites são inspiradas nos anos 1940/1950, e foram decoradas com obras de arte, livros e móveis, desenhados pelo próprio Starck.


•  Existe um comprometimento com a arte, "Plate-forme", para a criação contemporânea. O palácio Royal Monceau possui sua própria galeria e a exposição de inaguração é do maravilhoso Jean Michel Basquiat.


•  Um sopro de rock'n roll: imagine que existem quartos que incluem sua própria guitarra, com um estúdio de gravação portátil, a disposição do roqueiro em questão. 


•  Boutiques de luxo serão "hóspedes" do hotel sendo que - como só podia ser - L'Eclaireur vai ser a pioneira.


•  O que mais? Um spa faraônico, a piscina tem 26m de comprimento, os tratamentos de beleza sob regência da CLarins. Ui!


•  Quer mais ainda? Uma biblioteca incrível, uma sala de cinema, um "fumoir" para charutos, etcetec...E - 


•  Só para dar água na boca - todas as doçuras serão assinados por Pierre Hermé, os "macarons" mais deliciosos de Paris. Huuum...

 

 

Le Royal Monceau: 37 Avenue Hoche, 75008 - Paris


 

 

Por Regina Guerreiro às 16h55

21/10/2010

"CROCHETADAS" E... ENQUADRADAS!! BONEQUÍSSIMAS COMO LADY GAGA, GRACE JONES, ETCETC...

 
 

"CROCHETADAS" E... ENQUADRADAS!! BONEQUÍSSIMAS COMO LADY GAGA, GRACE JONES, ETCETC...

 

 


 


                                  Courtney Love, mais drogada do que nunca...


A crocheteira é Françoise Cactus que - pasmem! - é a propria roqueira, punkeira, pop, "eletroniqueira" da Stereo Total. Como vivo completamente out dessas "tribos ruidosas", nunca nem tinha ouvido falar desse som. Ainda bem que Ray Mendel, meu assistente young people, informa que a Stereo Total até já esteve no Brasil. Thanks, assim não dou fora...

 

 

         Nina Hagen, Amy Winehouse, Grace Jones, Lady Gaga entre outas "loucas"...


Anyway, o que eu acho o máximo, são as divas "crochetadas" por Françoise Cactus. É muito raro, mas de vez em quando ela ataca e expõe suas "bonequíssimas" nas galerias de arte. A linguagem é modernérrima, coloridíssima, nada a ver com o crochê chatinho que as vovós faziam...



OUÇA AGORA O SOM "PLAYFUL" E EXPERIMENTAL E O LOOK "GLAMOUR HISTÉRICO" DA DUPLA STEREO TOTAL: A FRANCESINHA FRANÇOISE CACTUS E SEU ALEMÃOZÃO BREZEL GORING. ARRASOU!!



 

Por Regina Guerreiro às 18h08

20/10/2010

GARIMPO REGINA GUERREIRO: NEXT SUMMER LONDON. CLEMENTS RIBEIRO "SPECIAL FOR SOPHISTICATED GIRLS"...

 
 

GARIMPO REGINA GUERREIRO: NEXT SUMMER LONDON. CLEMENTS RIBEIRO "SPECIAL FOR SOPHISTICATED GIRLS"...

 

 

Foto Márcio Madeira

               Magia pura: "fresh/flash" do verão 2011. Tomara que ele chegue logo...

 



O clima é clean cult e as silhuetas longas, comprimento midi, é absolutamente fundamental. As estampas-flores/folhagens (incríveis!), a dupla anglo-brasileira "colheu" nos prints das écharpes dos anos 20. Elas se dissolvem (uma nas outras) lindamente: tulipas viram papoulas, magnólias viram cravos e" assim por diante. Cores sutilíssimas, pêssegos, hortênsias, limões amarelados e até beringelas, sempre envolvidas numa espécie de vapor "magique"  Refinadíssimos os pulls listrados (típicos dos marinheiros da Bretanha) e - elegantérrimas - as calças quase/quase pijama, porque afinal chega! desses looks cafagestes, coladíssimos no corpo.  irresistível o vestido coquetel/começo de noite, em que o print vai clareando/clareando, até que parece estampado na pele ou na renda chantilly. Os bordados, versões abstratas das flores dos colares tahitianas, feitos com paetês nacarados.



I LOVE EVERYTHING!




Foto Márcio Madeira

                       As cores se dissolvem, flores se fundem, se confundem...



Foto Márcio Madeira

                                  O mix listras X flores borradas é refinadíssimo...

                         As flores foram "plantadas/bordadas" com paetês nacarados.




Foto Márcio Madeira

                      Viu? O short não é desses que colam no corpo, apelativos...

                       E o  top é o luxo dos luxos, no melhor estilo "delicatessen".




Fotos Márcio Madeira

                                 O comprimento midi, diz nosso Inácio Ribeiro,

                            "é essencial para criar uma nova atitude, very elegant".





Fotos Márcio Madeira

            O luxo dos luxos: o print solar e a textura "caminhando" em ritmo degradé.




Foto Márcio Madeira

     Coquete: os cabelos puxados para trás, amarrados no alto da cabeça e "subiram feito

       pirâmides", dividido em nós . Resultado: chique e ao mesmo "espevitado". Adoro!



MEMÓRIA


A imprensa internacional fala agora da "volta" da grife Clements Ribeiro. Só que para mim, com passarela ou sem passarela, ela nunca tinha ido embora. Tanto que vive ainda -esplendorosamente - no meu closet e na minha vida. Tenho um pull-jacquard 100% cachemire, todo salpicado de pois coloridos...Tenho  outro, um show! Jacquard bandeira inglesa que, alías foi a Naomi Campbell quem desfilou...Minha saia de organza de seda pura, lindamente bordada com brilhos-sombrios, eu uso em ritmo de rock com uma jaqueta de couro negro... Bom, não vou ficar aqui matando você de inveja...Prefiro voar para Londres e encomendar - agora! - minhas novas paixões para o verão 2011.


Por Regina Guerreiro às 19h16

16/10/2010

LIÇÃO DE STYLING: UM SHOW FEÉRICO DE IMAGENS IMPERDÍVEIS

 
 

LIÇÃO DE STYLING: UM SHOW FEÉRICO DE IMAGENS IMPERDÍVEIS

 

 

 

CLIQUE JÁ - CLIQUE JÁ - CLIQUE JÁ - CLIQUE JÁ - CLIQUE JÁ 

 

Por Regina Guerreiro às 19h38

15/10/2010

FASHION-GALLERY LOUIS VUITTON: AS BOLSAS "MAISMAIS" DO VERÃO 2011

 
 

FASHION-GALLERY LOUIS VUITTON: AS BOLSAS "MAISMAIS" DO VERÃO 2011

 

 

 

 


Foto Márcio Madeira       

            A bolsa, que você pode e deve usar como carteira.Assinadissíma, claro. 

                                  Viu? Couro & brilho se casam lindamente. 



É claro que o mundo muda e... os objetos-fashion também. Mas os monogramas que Monsieur Vuitton criou por volta de 1900 - até parece magia, até parece milagre - nunca, mas nunquinha mesmo,  vão conseguir se abalar, diante da "volubilidade" da moda. Quero todas, tenho quase todas, desde as clássicas até as mais fashionistas, que aconteceram after, com Marc Jacobs.  E - olha só - o que vem por aí! Socorro, estou morrendo...De desejo, claro.

 


Foto Márcio Madeira

     Novo básico: vinho/café, acabamento trançado, "corpo" monogramado. Novo impacto:

                             verniz pink, laranja e vinho, just shining in the city.

 

 

Foto Márcio Madeira

              O lurex cintila nas carteiras next summer 2011. Bicoloridas, tricoloridas.

                  Umas gráficas, outras floridas, algumas bordadas, luxuosíssimas.

 

 


Foto Márcio Madeira

   Obra de arte: a mini ball bag, efeito lusco-fusco, estilo vaporisateur-boule anos 20, com  

  pingente de fios de seda, UI! Ela é bem capaz de levar à falência seu maridinho querido... 

 

 

Por Regina Guerreiro às 14h15

09/10/2010

GARIMPO REGINA GUERREIRO, PARIS. HERMÈS 2011: ESPECIAL MILIONÁRIAS

 
 

GARIMPO REGINA GUERREIRO, PARIS. HERMÈS 2011: ESPECIAL MILIONÁRIAS

 

 Foto Márcio Madeira

 

MOMENTO APOTEÓTICO: CAVALOS PURO SANGUE, LUSTRES DE CRISTAL E ...

 

 

O show do "vrai luxe", começa. Esnobismo? Nem pensar. Hermès é estilo. Nada a ver com essas de tendencinhas inventadas por aí... Cada chapéu, cada bota, cada blazer, cada cinto, cada bolsa, cada lenço, atingem - quietamente/ magistralmente - a sabedoria do essencial. Jogo limpo: sem "blefes", sem enfeites gratuitos, sem "efeitos especiais". Hermès, não duvide nunca: é "the best of the best". Adoro!

 

 

Fotos Márcio Madeira

Em branco, a amazona Hermès 2001: macacão-culote adesivo.As botas "cavaleiras" são as mais perfeitas do mundo. Ao lado, o touch da camurça fininha feito seda, look equestre-urbano à la française. Na pista: colares feitos de rédeas, cintos com fivelas-freios. Bustier-improviso: de foulard!!

 

 

Fotos Márcio Madeira

Veste de couro extra macio, conhaque caliente, aguentando o frio da "cavalgada" Quero tudo: o cinto-sela, o pendentif de couro e até o chicote, que sempre pode ser útil...Ao lado, aiaiai, mais desejos: chapéu andaluz, camisa branca e top-corset de couro lindamente pespontado.

 

 

 

 

Fotos Márcio Madeira

Rédeas-fashion seguram (e não deixam cair) essa saia incrível, enrolada no corpo molemente... Ao lado, leve como uma mousse, o macacão tomara que caia, decote que de certa forma "percorre" a coleção.Nova, muito nova: a bolsa Kelly de palha trançada, com acabamentos de couro negro.

 

 

MEMÓRIA

 

 

Paris - 1837. Monsieur Thierry Hermès abre uma loja onde vende só acessórios de couro: baús para carruagens, selas, rédeas, estribos, malas, cintos com porta-moedas, botas e luvas. O DNA da marca, continua sempre o mesmo: uma exigência praticamente visceral pela palavrinha "perfeição". Historinha: em 2007, os diretores dispensaram um lote inteiro de pele de crocodilo, simplesmente porque a tonalidade não era o tom esperado pela empresa. Tadinhas das clientes que estavam na fila de espera da tal bolsa milionária (uma das mais caras da grife francesa, tipo 100.000,00 reais, acredita?), tiveram que se conformar: só teriam "the crocodile-bag", dois anos mais tarde ...

 

 

 

 

Ilustração de Philippe Dumas

"Influenza": as selas Hermès  (as mais cobiçadas do mundo), as rédeas, os chicotes, as luvas, as botas "cavaleiras" que Monsieur Thierry vendia em 1837, orientam  até hoje o style da maison.

 

 

PS: Cada artesão precisa no mínimo 20 h para montar - ponto por ponto - uma bolsa Hermès. O trabalho é absolutamente pessoal/artesanal. E - olha que incrível!, desde o começo (180 anos atrás) o papel e as caixas de presente, foram côr laranja. Tanto que virou uma cor que talvez nem faça parte do pantone: É o "laranja Hermès"!

 

 

 

Por Regina Guerreiro às 20h18

06/10/2010

QUEM DIRIA?? "ESQUELETOS-CABIDES" PARA MODA-LUXO

 
 

QUEM DIRIA?? "ESQUELETOS-CABIDES" PARA MODA-LUXO

 

Não é o máximo?? Tania & Vincent, um casal de fotógrafos/designers de Lausanne, inventaram um jeito novo, prá lá de sofisticado, de seduzir os fashion-addicts. Suas imagens são mais do que simples fotos, mas uma mise en scène surrealista feita de colagens de objetos diferentes. Os esqueletos se transformam em manequins-cabides que - uiuiui! - ganham disparado das modelitos anoréxicas: tadinhas, já "emagreceram" tudo...

 

 

 

 

Descobri esse art-work, numas das páginas da revista Citizen K em Paris: um pouco de sexo, um pouco de morte e muita, muita ironia, vendendo moda-luxo. Adoro! Não aguento mais a mesmice das publicidades-fashion (mulheres lindas a beira de um orgasmo imaginário...) e muito menos das vitrines boutiquineiras ( inventividade nível 0).


Por Regina Guerreiro às 18h14

My bio

"As pessoas perguntam minha idade. Bobinhas... Elas não sabem que eu sou eterna?" [Regina Guerreiro]

Histórico

© 1996-2010 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.
Hospedagem: UOL Host